Projeto ArteCulturAção inicia formação gratuita para jovens

Já estão abertas as inscrições para esta iniciativa da Fundação Tide Setubal que visa aprimorar o conhecimento de jovens e integrantes de grupos culturais da Zona Leste, articulando cultura e cidadania. Cursos têm início em agosto e setembro.

O Projeto ArteCulturAção, da Fundação Tide Setubal, está com as inscrições abertas para formações nas áreas de luteria, música e teatro. Neste semestre, serão oferecidos cinco cursos gratuitos divididos em módulos. São eles: construção de violão; percussão; teatro para iniciantes; figurino; e dramaturgia. Podem participar das atividades, abertas e gratuitas, jovens e integrantes de grupos culturais da Zona Leste da capital paulista. A proposta do ArtCulturAção é valorizar o saber social da comunidade, interligando arte, cultura e cidadania.

Formação musical

O Núcleo de Formação em Música e Luteria desenvolve o ensino de música, sobretudo ritmos populares brasileiro, como coco, ciranda, por meio de aulas de percussão para iniciantes. Na oficina de Luteria, jovens e membros de coletivos musicais podem aprender a confeccionar instrumentos. A partir de agosto, a proposta é construção de violões. A formação será ministrada pelo luthier Fábio Vanini. Ele estudou na Bottega di Parma, escola de luteria do maestro Desiderio Quercetani, em Parma, na Itália e, atualmente, dedica-se ao ensino de luteria básica de violinos, rabecas e violões e à construção e à restauração de instrumentos da família do violino.

No primeiro semestre de 2010, Vanini foi responsável pelo módulo de construção de rabeca, um instrumento mais raro e ligado à cultura popular. Foi a primeira vez que a oficina de luteria trabalhou com um instrumento de corda, antes era apenas confecção de peças de percussão (caixa do divino, alfaia, xequerê, chinelofone, cajon, surdo entre outros).

Agora, oferece um curso para construção de um instrumento mais complexo. “A expectativa é que o aluno consiga produzir um violão da melhor qualidade, a partir do trato artesanal com a matéria empregada. Dessa maneira, buscamos ainda sensibilizar as pessoas para a continuidade dessa prática no território”, conta Inácio Pereira dos Santos Neto, coordenador do ArteCulturAção.

Inácio lembra que um dos objetivos da oficina de Luteria é justamente promover a manutenção e multiplicação dessa cultura de confecção artesanal de instrumentos, transmitindo a tradição de mestres da cultura popular e de luthiers para jovens de São Miguel. “Há também uma perspectiva de geração de renda a partir da venda e restauro de instrumentos”, explica Inácio.

Para Vanini, os diferentes módulos contribuem para uma formação mais completa dos futuros luthiers. “Não podem parar em um único instrumento. Há várias opções, e eles podem criar novas peças. É questão de usar a criatividade”. Ao ampliar o leque de instrumentos, o luthier também eleva suas chances de inserção neste mercado. “Quem faz o mercado é o construtor. É preciso ter um espírito empreendedor e criar oportunidades de venda”, ressalta.

Formação teatral

Outra frente de atuação do projeto é o Núcleo de Formação SocioCultural. Com atividades no CDC Tide Setubal, no Jardim São Vicente, em São Miguel, trabalha com o teatro e suas linguagens, ofertando cursos para iniciantes e para integrantes de grupos, principalmente da região leste da cidade, que buscam aprimorar os conhecimentos em determinada área do universo teatral.

Ao propiciar uma chance de aperfeiçoamento em figurino e dramaturgia, o Núcleo busca fortalecer a atuação dos coletivos que desenvolvem trabalhos na região. Segundo Inácio, o módulo permite o desenvolvimento da habilidade técnica e, ao mesmo tempo, gera reflexão sobre a arte e o território.

No primeiro semestre de 2010, cerca de vinte integrantes de grupos teatrais e artísticos da Zona Leste e interessados em geral se reuniram semanalmente desde abril para apreender os principais fundamentos teóricos e técnicos das áreas de cenografia e de figurino. No dia 1° de julho, fizeram uma mostra daquilo que aprenderam no CDC Tide Setubal.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO PROJETO ARTECULTURAÇÃO – 2° SEMESTRE DE 2010

As inscrições para os cinco módulos já estão abertas. Elas podem ser feitas no local do curso, até a data de início de cada módulo. Veja a seguir os cursos oferecidos em cada Núcleo:

Núcleo de Formação SocioCultural:

Módulo 1 – Teatro para iniciantes

Público-alvo: jovens a partir de 13 anos

Período: 3/08 a 23/11/2010

Todas as terças e quintas, das 14 às 17h

20 vagas

Módulo 2 – Figurino

Público-alvo: integrantes de grupos de teatro

Período: 10/09 a 26/11/2010

Todas as sextas-feiras, das 14h às 17h

10 vagas

Módulo 3 – Dramaturgia

Público-alvo: integrantes de grupos de teatro

Período: 8/09 a 24/11/2010

Todas a sextas-feiras, das 14h às 17h

10 vagas


Inscrições e local onde acontece: CDC Tide Setubal

Endereço: Rua Mário Dallari, 170 – São Miguel Paulista – São Paulo – SP

Mais informações: (11) 2297-5969


Núcleo de Formação em Música e Luteria:


Módulo 1 – Percussão – Ritmos brasileiros

Público-alvo: jovens a partir de 13 anos

Período: 4/08 a 24/11

Todas as quartas e sextas-feiras, das 14h às 17h

20 vagas


Módulo 2 – Construção de Violão

Público-alvo: jovens a partir dos 13 anos

Período: 17/08 a 30/11

Todas as terças e quintas-feiras, das 14h às 17h

10 vagas


Inscrições e local onde acontece: Galpão de Cultura e Cidadania

Endereço: Rua Serra da Juruoca, s/n – São Miguel Paulista – São Paulo – SP

Mais informações: (11) 2956-0091

Sobre a Fundação Tide Setubal

Desde 2005, trabalha para contribuir com o desenvolvimento sustentável da região de São Miguel Paulista, bairro da zona leste de São Paulo (SP). Para isso, desenvolve ações voltadas a famílias, jovens e adolescentes, em parceria com órgãos do governo e ONGs e em articulação com políticas públicas, priorizando a participação ativa da comunidade, fornecendo-lhe informação e estimulando a construção da sua autonomia.

Todas as relações e as atividades da Fundação são norteadas por quatro princípios: construção de uma sociedade justa e solidária, tendo como pressuposto a inclusão democrática e participativa de todos os segmentos sociais; respeito às diferentes temporalidades, pluralidades e diferenças culturais; valorização da cultura, tradições, experiências e costumes da comunidade; valorização do trabalho voluntário.

Mais informações:

Site

E-mail: [email protected]

Tels.: (11) 3168-3655 e (11) 6291-1985